Variações Linguísticas Regionais (ou geográficas)

Como disse a vocês em aula de variações linguisticas, o dialeto regional mais evidente é o português brasileiro em contraste com o português europeu.

Isso ocorre principalmente devido a quatro fatores:

Distanciamento - o Brasil está muito longe de Portugal, logo as modificações dialetais que ocorreram lá não chegaram aqui assim como as daqui não chegaram lá.

Nativismo - o Brasil já possuia habitantes quando chegou o colonizador e esses possuíam uma língua própria, baseada no Tupi (Tupinambá, Tupi-mirim, Tupi-guarani etc.)

Escravidão - a vinda dos escravos africanos promoveram o intercâmbio linguístico com as línguas africanas (principalmente o Banto e o Quimbundo)

Imigração - o processo imigratório ocorrido no Brasil após a abolição da escravatura traz com ele os idiomas europeus, principalmente o italiano na região sudeste.

As diferenças entre a língua portuguesa do Brasil e de Portugal eram tão acentuadas que nossos livros deveriam ser "traduzidos" para que fossem editados em terras lusas. O "novo" acordo ortográfico (ou seria só "gráfico") de 1990 vem justamente para permitir essa livre circulação entre nossas edições.

Para você ver como nossas "línguas" se distanciaram, dê uma visitada no site do Mario Prata e veja o dicionário "português X português" que ele escreveu:
http://www.marioprataonline.com.br/obra/literatura/adulto/dicionario/framegranda_a.htm

Se forma análoga e divertida um programa de Portugal faz uma sátira às novelas brasileiras em que os atores portugueses imitam brasileiros e Maitê Proença imita os patrícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário